Alienação Parental

Então, que é alienação parental?


A alienação parental se inicia, via de regra, por um dos genitores devido à raiva, mágoa, desconfiança, ou qualquer outro sentimento negativo com relação ao ex-parceiro(a). Muitas vezes em razão de um término de relacionamento conturbado ou, após o término, quando o ex-parceiro(a) inicia um novo relacionamento.


E assim um dos genitores, imbuído de ressentimentos, realiza uma constante “campanha” de desclassificação do outro genitor para a criança, fazendo com que ela acredite, internalize e absorva para si tal sentimento.


Muitas vezes em razão da empatia e da ligação que a criança possui com o genitor “alienador”, esta passa a sentir-se com raiva, mágoa ou medo de estar na companhia do genitor “alienado”, iniciando-se assim, a quebra do vínculo afetivo-familiar.


É importante frisar que a alienação parental pode ocorrer nas mais diversas configurações, e não necessariamente somente por parte dos genitores.


A alienação pode ocorrer: do genitor para a genitora, do avô para o genitor, do novo relacionamento do genitor com a genitora, e por aí vai.


Vamos ficar de olho! ———————————————

Tem alguma dúvida ? Mande pra a gente!

#alienacaoparental #alienaçãoparental #relacionamentoabusivo #advogadasparaelas

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo